Artes Indígenas no Brasil
DETALHES DO PRODUTO
Madeira: Coité e molongó
Tamanho aproximado: 7 x 29 x 7 cm
 
Chocalho de cuia Coité talhado à mão e cabo de madeira molongó. A cabaça da cuieira, quando madura, apresenta-se de cor marrom escura, cultivada por quase todos os grupos indígenas do Brasil, ou intercambiada, é de grande serventia para uso doméstico, como colher, concha, copo, prato, etc. Nesse caso, utilizada também para construção de instrumento musical. Os desenhos entalhados no maracá Tikuna, apresentam grafismos e animais. 
 
Um dos povos indigenas mais numerosos, os Tikuna, de autodenominação Magüta, inicialmente viviam na margem esquerda do rio Solimões, ao longo do tempo ocorreu um longo processo de deslocamento. Existe um número aproximado de 30 mil pessoas que falam a lingua dos Tikuna a qual é preservada dentro da aldeia mesmo quando essas estão próximas a grandes centros. Existem registros dos Tikuna desde o séc. XVII. Tiveram uma relação de muita violência com o colonizador e também sofreram muito no ciclo da borracha.
 
Tikuna (autodenominação : Magüta)
Localização: Amazonas, Peru e Colombia
População aproximada: 53544 (Siasi/Sesai, 2014)
Família Linguística: Tikuna

MARACA COM GRAFISMO TALHADO - TIKUNA

R$22,00
MARACA COM GRAFISMO TALHADO - TIKUNA R$22,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • RETIRADA NA LOJA De segunda a sexta-feira, entre 10h e 16h. Endereço: Rua Tenente Francisco Antônio, 364 (Rua do Comércio), Centro Histórico, Paraty/RJ. Mais informações, 24 99326-1951.

    Grátis
DETALHES DO PRODUTO
Madeira: Coité e molongó
Tamanho aproximado: 7 x 29 x 7 cm
 
Chocalho de cuia Coité talhado à mão e cabo de madeira molongó. A cabaça da cuieira, quando madura, apresenta-se de cor marrom escura, cultivada por quase todos os grupos indígenas do Brasil, ou intercambiada, é de grande serventia para uso doméstico, como colher, concha, copo, prato, etc. Nesse caso, utilizada também para construção de instrumento musical. Os desenhos entalhados no maracá Tikuna, apresentam grafismos e animais. 
 
Um dos povos indigenas mais numerosos, os Tikuna, de autodenominação Magüta, inicialmente viviam na margem esquerda do rio Solimões, ao longo do tempo ocorreu um longo processo de deslocamento. Existe um número aproximado de 30 mil pessoas que falam a lingua dos Tikuna a qual é preservada dentro da aldeia mesmo quando essas estão próximas a grandes centros. Existem registros dos Tikuna desde o séc. XVII. Tiveram uma relação de muita violência com o colonizador e também sofreram muito no ciclo da borracha.
 
Tikuna (autodenominação : Magüta)
Localização: Amazonas, Peru e Colombia
População aproximada: 53544 (Siasi/Sesai, 2014)
Família Linguística: Tikuna