Artes Indígenas no Brasil
DETALHES DO PRODUTO
Material: Coité
Tamanho aproximado: 10 x 10 x 33 cm
 
Chocalho feito de cabaça de coité entalhado à mão e cabo de madeira. A cabaça da cuieira, quando madura, apresenta-se de cor marrom escura, cultivada por quase todo os grupos indígenas do Brasil, ou intercambiada, é de grande serventia para uso doméstico, como colher, concha, copo, prato, etc. Nesse caso, é utilizada inteira para construção de instrumento musical e apresenta um trabalho minucioso de entalhamento. São complexos grafismos que cobrem toda a superfície da peça.
 
Os tapirapés vivem nos estados do Mato Grosso e Tocantins numa região de floresta tropical e exploram alternadamente esse ambiente, a depender da época do ano e atividade que estão se dedicando. Tiveram a posse permanente da terra indígena Urubu Branco no ano de 1996. Produzem seu artesanato como um importante complemento à sua subsistência.
 
Tapirapé
Localização: Mato Grosso e Tocantins. 
População aproximada: 760 (Siasi/Sesai, 2014)
Família Linguística: Tupi-Guarani

MARACA COM GRAFISMO TALHADO - TAPIRAPÉ

R$135,00
MARACA COM GRAFISMO TALHADO - TAPIRAPÉ R$135,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • RETIRADA NA LOJA De segunda a sexta-feira, entre 10h e 16h. Endereço: Rua Tenente Francisco Antônio, 364 (Rua do Comércio), Centro Histórico, Paraty/RJ. Mais informações, 24 99326-1951.

    Grátis
DETALHES DO PRODUTO
Material: Coité
Tamanho aproximado: 10 x 10 x 33 cm
 
Chocalho feito de cabaça de coité entalhado à mão e cabo de madeira. A cabaça da cuieira, quando madura, apresenta-se de cor marrom escura, cultivada por quase todo os grupos indígenas do Brasil, ou intercambiada, é de grande serventia para uso doméstico, como colher, concha, copo, prato, etc. Nesse caso, é utilizada inteira para construção de instrumento musical e apresenta um trabalho minucioso de entalhamento. São complexos grafismos que cobrem toda a superfície da peça.
 
Os tapirapés vivem nos estados do Mato Grosso e Tocantins numa região de floresta tropical e exploram alternadamente esse ambiente, a depender da época do ano e atividade que estão se dedicando. Tiveram a posse permanente da terra indígena Urubu Branco no ano de 1996. Produzem seu artesanato como um importante complemento à sua subsistência.
 
Tapirapé
Localização: Mato Grosso e Tocantins. 
População aproximada: 760 (Siasi/Sesai, 2014)
Família Linguística: Tupi-Guarani