Artes Indígenas no Brasil

DETALHES DO PRODUTO

Material: Cipó titica e pigmentos naturais
Tamanho aproximado: 20 x 24,5 x 20 cm

SOBRE O PRODUTO

Cesto em forma de vaso, trançado com cipó titica tingido naturalmente . A arte da cestaria Ye’kuana é dominada pelas mulheres que utilizam como matéria-prima, pigmentos naturais e o cipó titica, uma fibra muito resistente e durável presente na região do Alto Rio Negro. O trabalho das peças não é relacionado ao tamanho mas à dificuldade das tramas e amarrações que estes cestos exigem. Possui desenhos como yaddakadu (macaco),  ke'kwe (sapo) e outros animais presentes na cultura Ye’kuana.

POVO YE'KUANA

Os Ye'kwana ou Iecuanas, são os antigos viajantes da Amazônia e com essa característica, mostram como a articulação de espaços diferentes, dentro e fora da terra indígena, pode favorecer um sistema de criação e manutenção de redes de apoio, de trocas econômicas, de informação e de projetos econômicos e sociais. 
Essa população, que habita a fronteira Brasil-Venezuela, são vizinhos do povo Yanomami e compartilha o mesmo tronco línguistico: "Karib". 
Na sua língua nativa, "Ye'kwana" significa "gente da canoa" ou "gente do galho  na água".
 
No Brasil, a população Ye'kwana reúne em torno de 430 pessoas (de acordo com os dados mais recentes), dividida em três comunidades às margens do Rio Auatis e Uraricoena, em Roraima, na fronteira com a Venezuela. São referência como construtores de canoas na região e se orgulham de serem grandes construtores nas fazendas. Além do trabalho com construção, os Ye'kwanas tem a produção artesanal de raladores de mandioca, feito pelas mulheres, admirado tanto por não-indígenas, como por indígenas de povos vizinhos: os Wai Wai, Yanomami e Wapichana. 
 
Contribua com a cultura e trabalho artesanal Ye'kwana ao adquirir peças desse povo na CANOA!

FICHA TÉCNICA

Localização: Roraima e Venezuela
População aproximada no Brasil: 600 
e na Venezuela 8.000
Família Linguística: Karib

CESTO DE FIBRA NATURAL - YEKUANA

R$865,00
CESTO DE FIBRA NATURAL - YEKUANA R$865,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • RETIRADA NA LOJA De segunda a sexta-feira, entre 10h e 16h. Endereço: Rua Tenente Francisco Antônio, 364 (Rua do Comércio), Centro Histórico, Paraty/RJ. Mais informações, 24 99326-1951.

    Grátis

DETALHES DO PRODUTO

Material: Cipó titica e pigmentos naturais
Tamanho aproximado: 20 x 24,5 x 20 cm

SOBRE O PRODUTO

Cesto em forma de vaso, trançado com cipó titica tingido naturalmente . A arte da cestaria Ye’kuana é dominada pelas mulheres que utilizam como matéria-prima, pigmentos naturais e o cipó titica, uma fibra muito resistente e durável presente na região do Alto Rio Negro. O trabalho das peças não é relacionado ao tamanho mas à dificuldade das tramas e amarrações que estes cestos exigem. Possui desenhos como yaddakadu (macaco),  ke'kwe (sapo) e outros animais presentes na cultura Ye’kuana.

POVO YE'KUANA

Os Ye'kwana ou Iecuanas, são os antigos viajantes da Amazônia e com essa característica, mostram como a articulação de espaços diferentes, dentro e fora da terra indígena, pode favorecer um sistema de criação e manutenção de redes de apoio, de trocas econômicas, de informação e de projetos econômicos e sociais. 
Essa população, que habita a fronteira Brasil-Venezuela, são vizinhos do povo Yanomami e compartilha o mesmo tronco línguistico: "Karib". 
Na sua língua nativa, "Ye'kwana" significa "gente da canoa" ou "gente do galho  na água".
 
No Brasil, a população Ye'kwana reúne em torno de 430 pessoas (de acordo com os dados mais recentes), dividida em três comunidades às margens do Rio Auatis e Uraricoena, em Roraima, na fronteira com a Venezuela. São referência como construtores de canoas na região e se orgulham de serem grandes construtores nas fazendas. Além do trabalho com construção, os Ye'kwanas tem a produção artesanal de raladores de mandioca, feito pelas mulheres, admirado tanto por não-indígenas, como por indígenas de povos vizinhos: os Wai Wai, Yanomami e Wapichana. 
 
Contribua com a cultura e trabalho artesanal Ye'kwana ao adquirir peças desse povo na CANOA!

FICHA TÉCNICA

Localização: Roraima e Venezuela
População aproximada no Brasil: 600 
e na Venezuela 8.000
Família Linguística: Karib