Arte Indígena

PARA MAIS INFORMAÇÕES ENTRE EM CONTATO POR WHATSAPP

 

As artes indígenas seguem a sazonalidade da floresta e a dinâmica das aldeias. Além disso, cada obra tem detalhes diferentes, próprios das técnicas artesanais. Para conhecer mais nosso amplo acervo e consultar as peças disponíveis, entre em contato por WhatsApp e converse com nossos colaboradores especializados. 

 

DETALHES DO PRODUTO
Material: Madeira
Tamanho aproximado: 128 x 6 x 6 cm

Peça usada - colecionador. Arma esculpida em madeira com extremidades pontudas. A borduna refere-se a todas as armas contundentes feitas de madeira dura usadas para bordoar. Podem receber o nome de tacape, clava, maça ou porrete, dependendo das características estruturais e da função. Na cultura Kayapó, as bordunas são feitas pelos homens da aldeia.

Os Kayapó vivem ao longo do curso superior dos rios Iriri, Bacajá, Fresco e outros afluentes do rio Xingu. Estão no estado do Pará e também no Mato Grosso. Se autodenominam Mebêngôkre, "os homens do lugar d'água". São falantes de uma língua do tronco Macro-Jê, tendo algumas variações entre os grupos Kayapó. Se organizam nas aldeias em forma circular em torno de uma grande praça descampada.

Kayapó
Localização: Mato Grosso e Pará
População aproximada: 11675 (Siasi/Sesai, 2014)
Família Linguística: Jê

 

BORDUNA DE MADEIRA - KAYAPÓ

BORDUNA DE MADEIRA - KAYAPÓ

PARA MAIS INFORMAÇÕES ENTRE EM CONTATO POR WHATSAPP

 

As artes indígenas seguem a sazonalidade da floresta e a dinâmica das aldeias. Além disso, cada obra tem detalhes diferentes, próprios das técnicas artesanais. Para conhecer mais nosso amplo acervo e consultar as peças disponíveis, entre em contato por WhatsApp e converse com nossos colaboradores especializados. 

 

DETALHES DO PRODUTO
Material: Madeira
Tamanho aproximado: 128 x 6 x 6 cm

Peça usada - colecionador. Arma esculpida em madeira com extremidades pontudas. A borduna refere-se a todas as armas contundentes feitas de madeira dura usadas para bordoar. Podem receber o nome de tacape, clava, maça ou porrete, dependendo das características estruturais e da função. Na cultura Kayapó, as bordunas são feitas pelos homens da aldeia.

Os Kayapó vivem ao longo do curso superior dos rios Iriri, Bacajá, Fresco e outros afluentes do rio Xingu. Estão no estado do Pará e também no Mato Grosso. Se autodenominam Mebêngôkre, "os homens do lugar d'água". São falantes de uma língua do tronco Macro-Jê, tendo algumas variações entre os grupos Kayapó. Se organizam nas aldeias em forma circular em torno de uma grande praça descampada.

Kayapó
Localização: Mato Grosso e Pará
População aproximada: 11675 (Siasi/Sesai, 2014)
Família Linguística: Jê