Artes Indígenas no Brasil

DETALHES DO PRODUTO
Material: Fibra de Buriti 
Tamanho produto: 15 x 21,5 x 10 cm

Bolsa feita de fibra de buriti trançada em ziguezague. O buriti é uma palmeira presente em vasta região dos biomas brasileiros, como Cerrado e Amazônia. A colheita e o preparo destas fibras são técnicas utilizadas por diversos povos e podem resultar em diferentes objetos dependendo do tipo da fibra e tratamento que se dá. As bolsas produzidas pelo povo Kanela são utilizadas tradicionalmente para carregar e armazenar farinha de batata doce. Os padrões gráficos presentes nas bolsas são próprios desta cultura e reproduzem motivos visuais utilizados em pinturas corporais. 

Os dois grupos Timbira, Ramkokamekrá e Apanyekrá, são hoje conhecidos como Kanela. Estão presentes na região de transição entre cerrado e floresta-galeria, no centro-sul do Maranhão.
Sofrem com ataques e incursões contra seus modos de vida desde o século XVIII, mas só foram ter contato frequente com a sociedade ocidental a partir da década de 40. Desde então, o povo Kanela resiste para manter sua cultura e suas práticas tradicionais.

Kanela
Localização: Maranhão
População aproximada: 2175
Família Linguística: Jê

BOLSA DE FIBRA NATURAL - KANELA

R$90,00
Esgotado
BOLSA DE FIBRA NATURAL - KANELA R$90,00

DETALHES DO PRODUTO
Material: Fibra de Buriti 
Tamanho produto: 15 x 21,5 x 10 cm

Bolsa feita de fibra de buriti trançada em ziguezague. O buriti é uma palmeira presente em vasta região dos biomas brasileiros, como Cerrado e Amazônia. A colheita e o preparo destas fibras são técnicas utilizadas por diversos povos e podem resultar em diferentes objetos dependendo do tipo da fibra e tratamento que se dá. As bolsas produzidas pelo povo Kanela são utilizadas tradicionalmente para carregar e armazenar farinha de batata doce. Os padrões gráficos presentes nas bolsas são próprios desta cultura e reproduzem motivos visuais utilizados em pinturas corporais. 

Os dois grupos Timbira, Ramkokamekrá e Apanyekrá, são hoje conhecidos como Kanela. Estão presentes na região de transição entre cerrado e floresta-galeria, no centro-sul do Maranhão.
Sofrem com ataques e incursões contra seus modos de vida desde o século XVIII, mas só foram ter contato frequente com a sociedade ocidental a partir da década de 40. Desde então, o povo Kanela resiste para manter sua cultura e suas práticas tradicionais.

Kanela
Localização: Maranhão
População aproximada: 2175
Família Linguística: Jê